Financiamento Imobiliário em 2022
INDICE DE TÓPICOS: Para Facilitar a Leitura Clique nos Tópicos Abaixo

Financiamento Imobiliário em 2022

Se você tá pensando em comprar um imóvel, e precisa Financiamento Imobiliário em 2022.

Vamos falar bastante de algumas dicas importantes; e algumas informações que surgiram.

Então por favor, leia com atenção.

Eu sou APARICIO MAXIMO, corretor a mais de 10 anos, correspondente bancário, e dou consultoria para regularização de imóveis, e financiamentos junto aos bancos, órgãos municipais, de registros e cartoriais.

Neste artigo o tema é compra de imóveis, e Financiamento Imobiliário em 2022.

Se você tem interesse em imóveis, de uma forma geral estamos sempre prestando algumas informações; para pessoas que estejam querendo comprar imóvel.

Em primeiro lugar qual que é a situação do mercado imobiliário como um todo?

Essa é uma das coisas que, para quem tá querendo comprar imóvel; mas especificamente quem tá querendo comprar o seu primeiro imóvel, nem sempre tem o conhecimento necessário.

Afinal de contas não acompanha com frequência, o mercado imobiliário e muitas vezes não sabe nem se o imóvel está caro imóvel ou barato.

Está é uma boa hora para comprar, não? Então a pessoa acaba ficando ali, meio perdido.

O Momento do Mercado Imobiliário Brasileiro

Então vamos começar este assunto falando um pouco a respeito disso; o mercado imobiliário brasileiro passa hoje por um excelente momento.

Aliás, por que que ele passa por um excelente momento?

Primeiro, porque nós temos uma grande demanda por Imóveis, ou seja, nós temos muitas pessoas que estão querendo comprar o imóvel.

Isso por si só, já deixa o mercado bem aquecido, muito quente; e nós temos no Brasil um grande déficit Habitacional.

Ou seja, uma grande quantidade de pessoas, que não têm o imóvel; e que está querendo comprar um imóvel.

Pessoas que moram de locação, pessoas que estão em situação de coabitação.

Ou seja, que moram com os pais, que moram no fundo das casas da casa da sogra.

Enfim, pessoas que não têm o próprio imóvel; e estão buscando esse móvel.

E nós também temos, um grande volume de pessoas, que depois de todo esse período que nós

passamos de isolamento social; de quarentena; acabaram julgando que precisam de um novo imóvel.

Aliás, acabaram enxergando que o imóvel onde elas estão; não é um móvel tão adequado às suas necessidades; e por isso se motivaram a fazer uma busca por outro imóvel.

Enfim, esse é o primeiro aspecto, que já deixa o mercado imobiliário um pouco mais aquecido; fazendo com que a procura por imóvel aumente bastante, e se mantenha muito elevada.

Efeito da Taxa de Juros

O segundo aspecto que você precisa avaliar; e que ainda caracteriza um bom momento do mercado imobiliário.

É que nos últimos dois anos no Brasil, passamos por um fenômeno, ou um movimento muito atípico.

Aliás, movimento esse, que fez com que a taxa de juros caísse para o menor patamar da história.

Quando lá em 2020, que a pandemia começou, o banco central não só do Brasil; mas ao redor do mundo.

Aliás muitos bancos centrais fizeram isso, reduziram as taxas básicas de juros.

A taxa básica de juros da economia, no caso do Brasil, é a taxa SELIC; ela acabou sendo reduzida, e chegou no menor patamar da história.

Então o que isso faz com o mercado imobiliário?

A taxa SELIC, está diretamente ligada com o custo do crédito.

E quando essa taxa cai, geralmente a taxa dos outros financiamentos também cai.

Porque o custo de captação do banco diminuiu. O mesmo acontece no oposto; quando a SELIC sobe, o custo da taxa final dos financiamentos, acaba subindo.

Então nos últimos dois anos a gente, percebeu que com a SELIC tão baixa, acabou abrindo um caminho para que muitas pessoas tivessem condições de ter seu imóvel.

Financiamento Imobiliário Mais Acessível.

O financiamento imobiliário ficou muito mais acessível. Significa que o valor da parcela que você pagaria nesses anos anteriores, onde a taxa estava mais alta.

Esse valor de parcela ficou menor, e começou a caber no bolso de mais pessoas.

E também significa que o volume de crédito que o banco disponibiliza para você aumenta; com uma taxa de juros menor esse volume acaba sendo maior.

Ou seja, o banco acaba te dando mais dinheiro, quando a taxa está mais baixa.

Portanto, com isso você consegue comprar um imóvel melhor, ou simplesmente consegue comprar um imóvel.

Reversão da taxa

Acontece que de meados do ano passado para cá esse movimento de queda da taxa de juros ele começou a se inverter.

E a taxa de juros que estava muito baixa, começou um processo de escalada.

Ou seja, o banco central começou a elevar a taxa SELIC.

Com isso portanto, os bancos pouco a pouco, estão paulatinamente também aumentando as taxas de juros para o consumidor final.

Portanto hoje nós estamos em um cenário, onde a taxa de juros financiamento imobiliário, já é uma taxa um pouco mais alta.

E a tendência, para você que está querendo comprar o imóvel este ano; preste muita atenção, a tendência é que essa taxa de juros continue subindo.

Efeito da Inflação no Financiamento Imobiliário

Então, pelo menos enquanto nós tivermos a inflação tão alta, como nós estamos vendo, e o banco central tendo que aumentar a taxa SELIC para ajudar a conter a inflação.

A expectativa pelo menos para uns meses à frente; e a gente não tem a resposta exata; mas a expectativa é que a maior parte desse ano de 2002, nós tenhamos uma elevação da taxa de juros, ou talvez uma manutenção da taxa de juros.

Mas provavelmente, não veremos uma queda; pelo menos não é o que está previsto de acontecer.

Portanto, se você está planejando a compra de seu imóvel, esse é o aspecto que eu diria, que você precisa ficar mais de olho, que é a taxa de juros.

As condições de financiamento também; talvez aquele financiamento que você veja que está disponível para você agora, com determinado a taxa de juros; se você for ver esse mesmo financiamento mais para o final do ano, talvez esse financiamento já esteja mais caro.

Consequentemente também, a parcela mais alta; e quem sabe dependendo da sua renda, o montante que o banco vai disponibilizar de crédito para você, acabará sendo menor.

Portanto fique muito atenta isso, para que você consiga tomar sua decisão; dentro daquilo que seja possível e na hora certa, avaliando estes quesitos.

A Tomada de Decisão sobre Financiamento Imobiliário.

Outro aspecto que você precisa avaliar é com relação ao preço dos Imóveis.

E para falar sobre o preço dos imóveis; nós vamos dividir essa fala em duas partes:

Em Primeiro Lugar; vamos falar, então dos imóveis prontos, tanto novos, quanto aos usados.

O que a gente percebeu com preço dos imóveis nesses últimos anos?

Com toda essa grande demanda por Imóveis, com toda essa grande procura, com toda essa grande busca por Imóveis.

E com todo esse ambiente favorável para aquisição; taxa de juros baixas, financiamento disponível, o que favorece então a aquisição dos imóveis.

Nós percebemos que o preço dos imóveis; se valorizou, e se valorizou bastante.

Como se diz por aí, a lei da oferta e da procura; quanto maior a demanda, e menor oferta, o que acontece com os preços?

Eles tendem a subir; e foi exatamente o que aconteceu.

Então nós vimos nos últimos dois anos, o preço dos imóveis aumentarem numa proporção realmente muito grande.

Essa demanda, fizeram com que muitas pessoas que tivessem as condições ideais para compra; agora não conseguissem fazer aquisição, porque o valor do imóvel agora acabou ficando fora do orçamento.

E o que a gente está vendo no caso de imóveis prontos; tanto novos, quanto usados para esse ano de 2022.

Da para perceber que com essa restrição um pouco maior de crédito; o volume de transações imobiliárias, deve diminuir.

Isso acaba abrindo margem para que os proprietários desses imóveis, possam negociar um pouquinho melhor.

Então nessa escalada que vinha acontecendo, a gente vai ver um freio nos preços.

A Dica é Negociação

Não estamos falando que o valor dos imóveis vai cair, porém não deve continuar subindo tanto, e nessa proporção que vimos.

E muitas vezes inclusive, deve abrir uma margem para negociação. Eu não diria para que você espere o preço cair; porque isso é muito Improvável de acontecer.

Porém eu diria para você, que se você tá de olho num imóvel, seja ele novo pronto, ou usado; negocie.

Faça uma oferta para o proprietário, porque o proprietário vai saber avaliar.

Se aquela oferta que você tá colocando atende, ou não atende a necessidade dele.

E talvez você acaba encontrando um melhor negócio do que, simplesmente comprar pelo preço que está anunciado.

Então a dica é, negocie; porque pode ser que você tenha ali, uma boa margem para fazer um bom negócio.

Sobre Financiamento Imobiliário de Imóveis na Planta

Em segundo lugar; falando de preço dos imóveis, agora vamos falar de imóveis na planta, ou os imóveis em construção, os famosos lançamentos Imobiliários.

Devido a todo esse desarranjo das economias; inflação alta, aumento do valor das commodities, falta de produto básicos da construção, desabastecimento da cadeia produtiva.

Enfim, uma série de coisas aconteceram nas economias globais, que acabaram fazendo com que o custo de construção aumentasse muito, não só no Brasil, claro.

Isso aconteceu no mundo inteiro, inclusive ainda vem acontecendo ainda.

Enfim, o fato é que, o custo de construção, aumentou demais.

Pois, elementos básicos como; o aço, cimento, condutores elétricos; e tudo que você pode imaginar dentro de uma obra; teve um aumento de preço.

Isso fez com que os imóveis anunciados ali na planta, os imóveis que ainda estão sendo construídos; também aumentassem de preço.

O Efeito do INCC Sobre Imóveis em Construção

Porque geralmente o valor que você compra esses de imóveis, passa por uma correção do INCC; para manter ali a viabilidade daquela obra e para garantir que você vai receber o seu imóvel, da maneira como você comprou.

Com todos os materiais, com toda a qualidade que lhe foi prometida.

Então o valor dos imóveis na planta, e em construção; esses sim estão bem mais altos.

E devem continuar aumentando, o porque ainda estamos no cenário de inflação da construção.

Ou seja, ainda estamos num cenário, onde o custo de construção está elevado.

A expectativa é que isso comece a se acomodar ainda nesse ano.

Se você tá pensando em comprar um imóvel na planta; o que eu diria para você é.

Olhe muito bem o valor final dos imóveis, e se prepare para uma eventual correção, ao longo da obra.

Não ache que essa correção é negativa, porque ela não é.

Porque de certa forma aquilo que você está pagando a mais de correção está sendo incorporado no valor do seu imóvel.

E também tá valorizando ali, o seu investimento.

Muita gente acha que é um absurdo o INCC aumentar muito.

Todo mês a minha prestação do apartamento comprado na planta aumenta.

Eu falo que não necessariamente é ruim, pois pode ser que isso ajude a proteger inclusive, o valor do seu capital.

Escolher o Financiamento Imobiliário

Outro aspecto que você deve avaliar, se você for comprar um imóvel com financiamento imobiliário; é com relação ao tipo de financiamento imobiliário que porventura você vai escolher.

É sempre recomendável que seja feita bastante simulação de financiamento imobiliário; e compare entre todas as linhas disponíveis.

Mas também compare entre diferentes financiamentos disponíveis.

Pois muita gente que acabou fazendo a escolha de um financiamento Imobiliário, em 2020 e 2021, com juros corrigidos pela caderneta de poupança.

Ou seja, juros que depois que você compra, o valor da prestação é variável, de acordo com o rendimento da caderneta de poupança.

Pois bem, muita gente já fez a escolha por esse tipo de financiamento olhando somente o início; olhando somente a primeira parcela, que era uma parcela que ficava mais baixa.

Mas não teve a instrução suficiente, para entender que à medida que a taxa de juros fosse subindo, essa parcela também iria subindo, teve surpresas.

O que acontece, muita gente acabou se surpreendendo com esse financiamento.

Porque não planejou corretamente, e começou a ver as parcelas, aumentarem o seu valor mensal.

Então se você vai comprar um imóvel nesse ano; é importante você entender esse financiamento com juros corrigidos pela caderneta de poupança.

Nesse ano já é o contrário, porque a taxa, já está no teto, então se a SELIC aumentar mais, as parcelas não vão aumentar conforme aconteceu no ano passado.

Aliás, muito pelo contrário, se por acaso a SELIC cair, o que vai acontecer, as parcelas vão cair.

já outros financiamentos pós-fixados, porém com correção por exemplo; pelo IPCA; eu recomendaria que você tome cuidado porque está diretamente ligado a inflação.

E se continuar a inflação subindo, pode ser um financiamento ainda perigoso.

Para tomar a melhor decisão, converse com um correspondente bancário, além de um bom corretor de imóveis.

São dois profissionais essenciais para compra segura do imóvel.

Conclusão do Assunto de Financiamento Imobiliário em 2022

E por fim, e pra finalizar, pois esse artigo já ficou bastante longo; eu diria para você, analisar sempre com calma; não precisa ter pressa, bons momentos acontecem a todo momento.

Sobretudo, avalie as suas condições pessoais de fazer ou não fazer aquisição de um imóvel.

Muitas vezes, fica-se pensando; eu preciso aproveitar esse momento, eu preciso correr para comprar o imóvel.

Por que o juro está subindo, eu preciso aproveitar porque o imóvel ainda não mudou de preço.

O melhor momento para comprar imóvel, é aquele que você pode; e não é necessariamente, quando o juro tá mais baixo.

Não é necessariamente, quando o imóvel tá mais barato e etc.

O melhor momento para você comprar o imóvel, é quando você está pronto, para fazer essa aquisição.

Quando você tem uma segurança que você vai poder arcar com aquele compromisso.

É quando você tem um horizonte profissional, quando você não tem risco.

Se você talvez pode perder seu emprego; ou pode não perder o seu emprego.

Enfim é quando você se sente seguro para fazer essa aquisição, e você se considera pronto.

Portanto, esse ainda é um bom momento para compra do imóvel; mas se você não se considera pronto, não precisa se desesperar, não precisa se frustrar.

Porque os momentos, eles vão e voltam, eles acontecem todo tempo.

O mais importante é que você esteja realmente pronto e seguro para fazer essa aquisição.

E como uma dica final para a compra segura do imóvel; veja outros artigos nesse site. Também tem imóveis aqui disponíveis, para você avaliar se você quer comprar um imóvel pronto; ou se você quer comprar um imóvel usado.

Se você quer comprar apartamento na planta, se você quer comprar uma casa.

Enfim, independente, do tipo de imóvel que você quer comprar a gente tem uma consultoria completa e passo a passo para não errar; naquela que talvez, deve ser a maior compra da sua vida.

Te convido a recomendar este site para outras pessoas que você conhece, que estão ali do processo de busca por imóvel ou Financiamento Imobiliário.

Para que todo mundo possa fazer bons negócios, e neste site sempre tem, bons artigos sobre imóvel, sobre mercado imobiliário, sobre oportunidades, e sobre tendências.

Sempre estamos dando dicas, para quem quer comprar, para quem quer vender, para quem investe.

Enfim para todo mundo que faz parte desse mercado.

Um grande abraço

Saiba Mais - Fale Conosco
apartamentos-a-venda-em-sao-pedro-no-terraco-beach-parque-01


    Caixa Habitação – O sonho da casa própria

    Apartamento a Venda, e outros tipos de Imóveis, é  com a Caixa Habitação,  um departamento da Caixa Econômica Federal, que é a instituição nacional referência quando o assunto é habitação; sendo o banco mais procurado pelos brasileiros, Continue Lendo…..

    Compra e Venda de Imóveis: Deixe nas Mãos de Especialistas

    Está pensando em se mudar? A compra e venda de imóveis é um processo que se torna mais fácil quando um especialista presta auxílio!

    Contar com uma imobiliária ou corretor de sua confiança é um grande diferencial

    Continue Lendo…..

    Casa de Alto Padrão – Planejando Comprar Uma?

    Sonha em morar na sua casa de alto padrão? Ter uma casa própria é o sonho de muitas pessoas, mas algumas sonham com imóveis mais luxuosos. Leia a Matéria …..

    O Profissional Responsável
    Corretor-de-imoveis-Aparicio-Maximo (1)